POP Mail
Celebridades comentam a aprovação do casamento gay nos Estados Unidos

A legalização do casamento gay pela Suprema Corte dos Estados Unidos movimentou as redes sociais nesta sexta-feira, 26. Durante o pronunciamento, o Twitter de Barack Obama foi atualizado com uma mensagem sobre igualdade e a hashtag “#LoveWins” tomou o primeiro lugar na rede social.

“É um ótimo dia para a América! Por amor! Vocês já imaginaram que viveriam este dia? Eu não, mas eu tenho certeza que está sendo lindo”, escreveu o porto-riquenho Ricky Martin, acrescentando: “Agora nos Estados Unidos não se fala mais ‘matrimônio igualitário’. Se diz ‘matrimônio’ e ponto.”

“Finalmente e até que enfim! A Revolução do Amor começou!”, escreveu Madonna. A atriz Olivia Wilde falou sobre a decisão histórica na política: “Orgulhosa de ser americana hoje”. A apresentadora Ellen DeGeneres e a cantora Rita Ora resumiram o ato em uma frase curta: “O amor vence tudo.”

Celebrando seu aniversário, Ariana Grande disse que caiu no choro ao ver a notícia. “Eu chorei, feliz aniversário para mim, muito orgulhosa de ser americana”, escreveu a jovem, cujo irmão Frankie Grande é gay. “Obrigada pela minha surpresa de aniversário Barack Obama. Você é demais!”, acrescentou.

Assim como Ariana, Kelly Osbourne disse que se emocionou com a notícia e acrescentou: “Nunca vou esquecer desse dia histórico”. Harry Styles, do One Direction, escreveu que esta sexta-feira foi “um grande dia para a América” e disse estar “muito feliz por ver as notícias”. Jessica Alba compartilhou a imagem de uma ONG celebrando a vitória: “Um dia histórico.”


A atriz Kate Hudson escreveu que a mudança na legislação do país foi uma “bonita vitória” e um motivo para “comemorar”. Ryan Reynolds filosofou: “Vibrações musicais sinceras para a humanidade.”

Por aqui, a cantora Valesca foi uma das brasileiras a celebrar a aprovação. “Nós estamos mega felizes por toda a comunidade LGBT norte-americana. Agora o casamento entre pessoas do mesmo sexo é um direito em todos os Estados Unidos. Yay!”, escreveu. Maria Rita também comemorou: “Que todo mundo possa amar e casar com quem quiser. Sim ao casamento gay!”

comente
Ler a próxima matéria