POP
Reviews
RSSGames
24/04/2011 - 17:30h

Review: "Moto GP 10/11"

Saudades do lendário Road Rash...

Quando o primeiro "Moto GP" foi anunciado para a atual geração de consoles, o jogo causou uma grande expectativa de como poderiam ser os próximos lançamentos, pois trazia conceitos como gráficos e física até então inéditos para a época.
Porém, os anos se passaram e novas versões foram lançadas. E para a infelicidade dos fãs, pouco se aprimorou ano a ano entre cada edição de uma das principais franquias de esporte. Isso quer dizer que "Moto GP 10/11" é só mais um capítulo dessa triste "novela", ainda que mereça nossa atenção por tentar revitalizar a franquia de forma heróica.

Divulgação



Apenas um rótulo novo
Não seria exagero afirmar que quase nada foi alterado em relação ao jogo do ano passado, com exceção é claro das atualizações referentes ao campeonato real. A jogabilidade, gráficos e física continuam praticamente os mesmos do anterior, ou pior, ainda carregam as mesmas falhas.

Um dos poucos detalhes que foi aprimorado diz respeito o modo carreira, que agora está muito mais detalhado e com muitas opções que podem ser gerenciadas pelo piloto, como a equipe, controle de reputação e até escolha de patrocinadores.
Porém, mesmo com toda essa profundidade, o modo carreira peca aonde todos os outros também erram: hora das corridas propriamente ditas.

Divulgação



Para poucos, literalmente
O jogo é difícil, isso não podemos negar. Existe até a opção de se ligar vários assistentes que auxiliam nas corridas, mas mesmo assim chegar nas primeiras colocações é tarefa para poucos.

Não existe um tutorial que explique a melhor posição do piloto na hora de uma curva fechada, por exemplo, ou muito menos qual a melhor maneira de se tangenciar as curvas na velocidade ideal. Isso faz com que a curva de aprendizado do game seja elevada para um nível que infelizmente espantará jogadores que nunca experimentaram um game da série antes.

Divulgação



Os modos multiplayer continuam funcionando bem e suportam até 20 jogadores sem qualquer problema de desempenho. Graficamente o jogo chega a ser sofrível, pois traz texturas feias, com alguns circuitos mal detalhados e os pilotos praticamente sem animações.

Se você é um fã, certamente saberá driblar os problemas encontrados em "Moto GP 10/11" e poderá se divertir com o jogo. Caso contrário, melhor evitar ou certamente logo ele estará esquecido no fundo da gaveta.

Divulgação



Plataformas: PS3 / Xbox 360
Produção: Capcom
Desenvolvimento: Monumental Games

Gráficos: 6,5
Sons: 7,0
Replay: 6,0
Jogabilidade: 6,5
Diversão: 5,5

Nota Geral: 6,0

Da Redação

POP